quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Tem que ter presença de espírito, olho aberto como se fosse um aspirador de informação, de energia, a língua como se fosse uma cachoeira num dia de sol e ao mesmo tempo um chicote pra açoitar o surrealismo que nos circunda e tenta se passar invisível. Mas o olho tá aberto, registro imediato, combatendo absurdos com fatos.

Não durma de olhos abertos, as entrelinhas são estimulantes. E as epifanias excitantes. Experimenta, todo mundo pode. Comunica depois. Boa sorte

5 comentários:

Anônimo rancoroso disse...

um chicote pra açoitar o surrealismo que nos circunda e tenta se passar invisível.

Não entendi muito bem essa parte.

Anônimo rancoroso disse...

Anônimo rancoroso é só o meu nome, parido nos comentários de seu post posterior. Não é nada pessoal, apenas. Eu até gosto do seu blog. Mas isso é por quê sou mulher e te acho bonito.

Anônimo rancoroso disse...

ps. é realmente sou pq mulher e te acho bonito. e espero que isso tenha alguma relevancia.... rs.

João Velho disse...

é... Português é difícil mesmo! Continue tentando, abç

DE LEVE disse...

coé meu velho - q trocadilho infame - ja ouviu meu ultimo disco? tem q ouvir!
http://www.overmundo.com.br/download_banco/de-love